Os melhores plugins para o WordPress

plugins para WordPress

O WordPress é uma plataforma para criação de blogs muito versátil que permite instalar plugins que adicionam funcionalidades extras, que podem ajudar a agilizar o carregamento das páginas, deixar o blog mais amigável para os buscadores, melhorar a navegação e etc.

Confira abaixo a lista de plugins que eu recomendo que toda instalação do WordPress tenha instalado.

Combater Spam

Infelizmente na blogosfera a prática de spam nos comentários é comum, por isso é necessário o uso de um plugin como o Akismet que permite bloquear a maioria destes comentários que não trazem valor nenhum ao blog.

O Akismet é um plugin tão essencial, que ele já vem junto com qualquer instalação do WordPress. O que ele faz é analisar os comentários e compará-los com um banco de dados e assim decidir se trata-se de um comentário é um spam ou não. Se for considerado um spam, ele é enviado para a caixa de spam do WordPress.

spam no wordpress

Repare que para utilizar este plugin é necessário ter uma conta criada no WordPress.com para pegar o seu código API.

Gerenciador de Publicidade

Para gerenciar a publicidade dentro do blog, o uso de um plugin pode ser de grande ajuda. Eu costumo utilizar o plugin Who See Ads, que permite gerenciar as publicidades de forma inteligente.

Com ele é possível rotacionar um grupo de banners, restringir a exibição para os visitantes assíduos ou para os que venham dos buscadores, também permite agendar a exibição para uma data pré-determinada e etc.

Otimizar para os mecanismos de busca

Embora o WordPress já seja amigável para os buscadores, ele pode ser melhorado com o uso de um plugin como o All in One SEO Pack, que permite por exemplo, a alterar a ordem que o nome do blog e o nome dos posts aparecem nos títulos, alterar os títulos das páginas independente do título que foi dado ao post, inclusão de meta tags e etc.

Mapa do site HTML

O Mapa do Site HTML é uma página que contém todos (ou a maioria) dos links dos posts do blog, que além de ajudar os visitantes a encontrarem um determinado conteúdo, também podem ajudar os buscadores a encontrarem todos os posts.

Um excelente plugin que permite criar uma mapa do site HTML de forma automática é o Dagon Design Sitemap Generator, que gera uma página contendo links para seus posts divididos por categorias.

Sitemap XML

O Sitemap XML é um arquivo que contém todos os artigos publicados no blog, que podem ser utilizados pelos grandes buscadores como uma forma de encontrar todo o conteúdo de um blog. Ele permite organizar os links de forma mais inteligente, indicando aos buscadores quais são as páginas mais importantes do blog.

Um dos melhores plugins para gerar um Sitemap XML no WordPress é o Google XML SiteMap.

Formulário de contato

Permita que seus visitantes entrem em contato com você através de um formulário de contato. Um bom plugin para fazer isso no WordPress é o PXS Mail Form.

Exibir links para posts relacionados

Os posts relacionados são links que mostram aos visitantes a outras páginas que ele possa estar interessado. A escolha dos links é feita de forma automática pelo plugin, baseado no título, conteúdo ou pelas tags dos posts.

artigos relacionados

Isso ajuda muito a manter o visitante por mais tempo no blog e também a melhorar o posicionamento geral do blog nos mecanismos de busca. Para realizar esta tarefa eu recomendo os plugins WP Related Posts ou Similar Posts.

Ps. Para que o plugin de posts relacionados funcione, é necessário o uso do plugin Post-Plugin Library.

Agilizar o carregamento do blog

O WordPress é um sistema dinâmico que monta a página a partir de informações contidas no banco de dados. O problema é que essa montagem exige um grande esforço do servidor para que a página seja montada e entregue ao navegador do visitante. Se o blog receber muitos visitantes, pode ocorrer de o blog ficar lento demais para ser acessado.

Para solucionar este tipo de problema, você pode utilizar um plugin de cache, que gera páginas estáticas do blog, que são entregues aos visitantes imediatamente ao invés de o servidor ter todo o trabalho de montar a página novamente, toda vez que um visitante tentar acessá-la.

Um excelente plugin que eu venho utilizando em todos os meus blogs é o WP Super Cache.

Manter contato com comentaristas

Manter seus visitantes sempre retornando ao seu blog é uma tarefa que você deve estar sempre buscando. Uma forma de se fazer isso é mantendo os comentaristas a par de assuntos que podem ser interessantes a eles, utilizando um plugin como o Subscribe to Comments.

Ele permite que seus visitantes marquem uma caixinha solicitando que recebam os novos comentários em um determinado post. Desta forma, sempre que um novo comentário for publicado no post em questão, um email é enviado para o comentarista.

Otimizar as páginas de erro

Sempre que um visitante tenta acessar uma página que não existe, seja porque ela teve seu endereço trocado ou por um erro de digitação, o WordPress exibe uma página de erro 404 que na maioria das vezes não é muito útil.

Para solucionar este problema, você pode utilizar o plugin Smart 404, que direciona o visitante a uma determinada página ou exibe uma lista de posts baseados nas palavras contidas na URL digitada.
Por exemplo, se você digitar na barra de endereços do seu navegador o seguinte endereço http://criarblog.com/fazer , você verá uma lista de posts relacionados a palavra fazer.

Conclusões
A instalação de plugins pode ser essencial para melhorar o desempenho do blog em vários aspectos, porém é necessário prestar atenção nos exageros, ou seja, deve-se evitar instalar plugins que não sejam estritamente necessários, para evitar possíveis problemas de incompatibilidade, uso excessivo de processamento no servidor ou tornar a navegação confusa dentro do blog.

E você, já usa estes plugins? Conhece mais algum que não deve faltar em nenhum blog? Deixe seu comentário.

Sobre Celso Lemes

Celso Lemes é Webmaster e Blogueiro profissional. Desenvolvedor do CriarSites.com
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *