Desanimei do blog, e agora?

Blogueira Desanimada do blog

A falta de paciência é um inimigo mortal para novos blogueiros.

Nós estamos sujeitos a todas as armadilhas montadas para nos fazer desistir do blog. Não adianta, por mais que os grandes blogueiros digam – e sempre dizem – que “no início é assim mesmo”, nós não conseguimos enxergar a dura realidade: o blog não nasce já sendo um sucesso e não iremos conseguir fazê-lo crescer da noite para o dia.

Mesmo assim, não paramos de acessar o Google Adsense para ver se tivemos pelo menos um clique de $ 0,02, nem o Google Analytics – mesmo sabendo que só atualiza no dia seguinte – na esperança de que as visitas tenham decolado devido ao último artigo que publicamos, que sempre julgamos ser muito bom.

Em conversa com Celso Lemes, amigo e blogueiro profissional de sucesso, que bloga no Criar Sites, eu disse que estava achando estranho a quantidade pequena de visitas que constam no Analytics, e, adivinha o que ele me falou??? Isso mesmo: “no início é difícil mesmo!”. Acho que vou ficar com trauma dessa frase.

Mas, apesar dele ter razão e eu saber que é assim que as coisas funcionam, ainda sou humano e quase nunca estou satisfeito com as coisas. Primeiro quis atingir a marca dos 50 visitantes únicos, mas, quando cheguei na casa dos 200, ainda não estava satisfeito.

Isso tudo bate na nossa mente e acaba causando uma frustração que piora ainda mais quando abrimos o painel e só vemos spams automáticos e nenhum comentário sério. A sensação de que “não estou fazendo um bom trabalho. Meu blog está ruim, as pessoas não estão gostando ” fica martelando na cabeça e pensamentos ruins podem surgir, como o de desistir.

O que nos deixa assim?

É comum você estar navegando na internet, principalmente no Google, e acabar caindo num blog que, surpreendentemente, é muito bom e te ajudou muito. Mas, quando você vai para a página inicial para ver o que mais o site tem a oferecer, você tem uma surpresa, percebe que o blog está sem atualizações há muito tempo. Talvez até anos!

Quantos de nós, ao cair num blog que se encaixe nessa descrição paramos para pensar por que realmente ele parou de ser atualizado? Será que o dono do blog passou pelo mesmo problema? Mas, peraí, você achou o blog muito bom, então, por que será que ele simplesmente morreu?

Bom, talvez porque muitos acharam o blog excelente, mas os números não transmitiram isso para o blogueiro. Sim, nós nos baseamos em números: quantos visitantes? Quantos cliques? Quantas pageviews?

Por isso, se gostamos de um blog, é importante interagirmos – principalmente se for um blog “recém nascido” – nem que seja através de um simples comentário dizendo: “oi, gostei do blog”, ou até mesmo enviando uma mensagem para o blogueiro.

O que temos que fazer para dar a volta por cima?

Não é fácil, fique sabendo. Mas tente, vamos lá.

O que realmente falta é entendermos que o blog só irá para frente, em números, se houver dedicação e qualidade. Somente através de constante atualização com artigos de qualidade o blogueiro será capaz de ver resultados e, mesmo assim, depois de um tempo – em torno de 6 meses para começar a vê-los.

Os artigos são as peças principais desse quebra-cabeça, são eles que fazem tudo funcionar e evoluir. Quem visita seu blog, está à procura de novos artigos. Por isso é tão importante manter o blog atualizado.

Então, é necessário o blogueiro entender – e aceitar – que tudo isso é um processo demorado e que se não tiver paciência não conseguirá chegar a ter sucesso. Isso porque sem paciência você irá desistir sem nem chegar a começar a ver uma evolução no blog.

Procure conhecer outros blogueiros e troque experiências, isso é de fundamental importância. Lembrando que é sempre melhor você procurar um blogueiro do mesmo nicho para essa troca de experiência.

Conclusão

Não deixe o desânimo te pegar. Sempre que ele bater à porta, procure escrever mais ainda do que você já está acostumado.

Busque sempre melhorar a qualidade dos seus artigos se aprofundando mais, procurando escrever melhor e com mais detalhes.

Não tenha vergonha de buscar auxílio com pessoas mais experientes, isso é muito importante e com certeza ninguém irá se negar a ajudá-lo, dentro do possível. Claro, saiba até que ponto você pode ir, para não abusar da boa vontade alheia!

Por fim, o Help No Blog é um blog que foi criado justamente para ajudar àqueles que estão precisando desse tipo de ajuda, para se manter firme com o blog. Juntos podemos mais do que sozinhos e o HNB está aqui para te ajudar.

Não deixe de compartilhar suas dúvidas e experiências, isso pode te ajudar muito e a outros visitantes que estejam em situação semelhante.

[box style=”help”] E você, já desanimou alguma vez do seu blog? [/box]

[box style=”message”] Não esqueça, sua participação é fundamental! Comente sobre suas experiências, pois elas podem ajudar outras pessoas que estão passando situação semelhante. Conhecimento é bom, compartilhá-lo é melhor ainda. [/box]

Sobre Celso Lemes

Celso Lemes é Webmaster e Blogueiro profissional. Desenvolvedor do CriarSites.com
Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. AAA que depressivo isso!!!
    E ninguém postou naaaadaaa!! morri!!!

    Então neh, e quando se têm vááárias pessoas que gostam do seu blog, da sua page no face, mas vc tem o dom de NÃO conseguir arrumar um layout decente tipo o da sua página que é muito clean e decente…sério, curti….

    como faz? ahuahuhauuhahauauhauh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *