Depois da Instalação do WordPress

Blog WordPress

Parabéns! Você conseguiu fazer a instalação do seu blog utilizando a plataforma WordPress e agora faz parte da comunidade de blogueiros que utilizam uma das plataformas mais profissionais para criação de blogs.

Mas não acabou por aí, você ainda tem muito serviço peça frente. Agora é hora de incrementar seu blog e torná-lo mais eficiente. Por isso eu criei esta lista com dicas sobre o que você pode fazer após a instalação.

Ativar os Links Permanentes

Por padrão, o endereço das páginas do WordPress são construídas utilizando a ID de identificação, que ficaria algo como http://www.criarblog.com/?p=4245, o que não é nada amigável para os buscadores, já que eles também utilizam as palavras contidas na URL para posicionar as páginas nos resultados das busca..

Para solucionar este problema é necessário ativar o permalinks no WordPress, que cria o endereço das páginas utilizando o texto contido nos títulos das páginas e posts, passando a ser algo mais descritivo como http://www.criarblog.com/o-que-e-o-wordpress-plataforma-gratis-de-criacao-de-blogs/

Repare que ambos os links levam para a mesma página. O que acontece é que o próprio WordPress se encarrega de gerar uma URL mais bonita para o post, mas isso não quer dizer que a URL padrão seja desativada.

Para ativar os links permanentes em seu blog, clique na aba “Configurações” e em “Links Permanentes” como mostra a imagem abaixo.

links permanentes

Na próxima página selecione a opção “Nome do Post” e salve a alteração.

estrutura dos links permanentes

Instalar plugins (ÚTEIS)

Existem uma infinidade de plugins que você pode instalar em seu blog que permitem estender as funcionalidades do WordPress, podendo melhorar o desempenho, gerenciar publicidade de forma mais eficiente, melhorar a navegação ou tornar seu blog mais útil para os visitantes.

Mas lembre-se de que quanto mais plugins você instalar em seu blog, maiores são as chances de ter problemas de incompatibilidade, instabilidade, uso excessivo do servidor (o que pode causar lentidão) e etc. Portanto limite-se a deixar ativos somente os plugins realmente úteis e necessários. Se puder trocar um plugin por um script que seja oferecido por algum site que faça o mesmo serviço, melhor ainda.

Recomendo que leia o artigo “Plugins que toda instalação do WordPress deve ter“.

Escolher um bom template

A escolha de um bom template é essencial para atrair e segurar seus visitantes, tornar a navegação mais fácil e clara e até mesmo melhorar o posicionamento do blog nos resultados dos mecanismos de busca, já que o Google anda priorizando a experiência que o visitante tem ao acessar uma página como um critério de posicionamento

Por isso eu recomendo que evite os templates “bonitinhos” e prefira os que realmente possam agregar valor ao blog. Para entender melhor este assunto, eu recomendo que leia o artigo “Dicas para Escolher um Template para seu blog“.

E para encontrar um bom template para o seu blog, confira o artigo “10 Melhores sites para baixar Templates Grátis para o WordPress“.

Instalar o Google Analytics

Após a instalação do seu blog também é importante instalar um sistema de estatísticas para saber como os visitantes interagem com seu blog. Eu costumo recomendar o Google Analytics que além de ser gratuito, oferece informações completas sobre os visitantes que acessaram seu blog.

Gostou deste artigo? Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário abaixo e não se esqueça de divulgar nas redes sociais.

Sobre Celso Lemes

Celso Lemes é Webmaster e Blogueiro profissional. Desenvolvedor do CriarSites.com
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *